+55 19 3383-0098
3D Systems - Authorized Reseller
28/04/17 às 08:01 am - Por: Simon Ferreira

Ford Testa Impressão 3D Em Peças de Veículos

impressão 3D em peças de veículos

A Ford anunciou publicamente que irá começar a implementar a impressão 3D em peças de veículos. Dos laboratórios para o chão de fábrica, a técnica que antes era utilizada apenas em peças prototipais, agora passará a ser introduzida também nas linhas de produção.

Este será o início de um programa piloto que visa baratear as peças — e por sua vez os veículos —, além de tornar o processo produtivo mais eficaz. A proposta da empresa é também criar peças em volumes menores, visto que da forma convencional de hoje em dia o custo de produção em casos assim é maior.

Ford Testa Impressão 3D Em Peças de Veículos 1

No passado, a impressão 3D limitava-se em criar peças de pequeno porte, mas a empresa adquiriu uma impressora batizada de Infinite Build. O método utiliza cabeças de impressão e robôs industriais maiores, para criar peças maiores para veículos e outras aplicações.

Com o projeto, a Ford prova que é possível integrar também na mecânica de seus veículos um conceito de tecnologia “Vale do Silício”. O método de impressão 3D pode ser empregado também na personalização de veículos, particularmente em carros de corrida.

Impressão 3D Em Peças de Veículos: Quais as vantagens?

Componentes produzidos de forma barata permitirão às escuderias experimentar protótipos de peças confiáveis que podem ser fabricadas e instaladas com mais facilidade em seus veículos.

VEJA TAMBÉM:  Conheça o Primeiro Carro Elétrico Do Mundo Fabricado Em Massa Por Uma Impressora 3D

Para provar a eficiência do método, um carro de corrida da Ford ganhou o 2015 Rolex 24 em Daytona, EUA, usando um coletor de admissão impresso em 3D. A impressora 3D permitirá que outras empresas tenham a oportunidade de aumentar suas experiências neste campo, assim como a Ford vem fazendo.

Impressoras 3D de mesa funcionam usando um filamento de plástico sobre camadas para criar uma forma a partir do zero. O processo da Infinite Build é um pouco diferente, ao contrário de um fluxo contínuo, permite que os dispositivos sejam impressos com formas muito mais complexas e em três dimensões. Através deste processo também é possível que os designers otimizem a durabilidade graças à possibilidade de um design mais detalhado dos produtos.

Anteriormente, a Local Motors criou um motor com o corpo inteiramente impresso em 3D. O teste foi realizado no carro elétrico Strati da empresa, que pretende vender para os clientes em breve. O Strati entretanto, é um projeto pequeno e simples. Ao que tudo indica, a impressão 3D tende a ser utilizada na produção automotriz maciça antes do que imaginávamos.

[Computer Business Review]

Compartilhe:
Tags: 
Comentários

Inscreva-se gratuitamente na 3D Trends Meeting 2019!

Para solicitar sua inscrição, basta preencher todos os campos abaixo. Após preencher, enviaremos uma confirmação em seu e-mail em breve, bem como mais informações sobre sua inscrição e detalhes sobre o evento.

OBS:  Alguns campos são obrigatórios.
Inscrever-se Gratuitamente
close-link