+55 19 3383-0098
3D Systems - Authorized Reseller
26/10/18 às 11:18 am - Por: Simon Ferreira

VÍDEO: Como a Impressão 3D Ajudou a Criar o Filme Anomalisa

Hoje em dia, dezenas de animações são criadas todos os anos. Mas em Anomalisa, filme lançado em 2015, o escritor e diretor Charlie Kaufman resolveu deixar de lado a maior parte dos recursos de CGI e decidiu aplicar em seu filme a técnica de stop-motion. Mas Kaufman gostaria que seu filme fosse diferente dos outros filmes em stop-motion, e para criar ele contou com a ajuda da impressão 3D. Para arrecadar fundos, ele recorreu ao site de financiamento coletivo Kickstarter e juntamente com o diretor Duke Johnson, contaram com a ajuda do estúdio Starburns Industries.

Para criar os bonecos do filme, eles utilizaram um método de troca de faces. Para isso, utilizaram uma impressora 3D ProJet CJP 660Pro da 3D Systems. A impressora foi apropriada porque conta com capacidades de cor incomparáveis para produzir modelos mais realistas e de alta resolução. “O que tornou Anomalisa um filme diferente dos outros filmes de stop-motion foi sem dúvidas o realismo da face dos bonecos. Eles foram feitos de uma forma totalmente inédita, impressos em 3D”, disse o animador do estúdio Kim Blanchette.

VEJA TAMBÉM:  5 “Casas” Que Poderiam Ser Construídas Com Impressoras 3D Se Habitássemos Marte

Os bonecos eram montados com duas faces diferentes que, quando juntas, formavam a feição que eles queriam para cada uma das cenas. Portanto, eles tiveram que imprimir centenas de peças para cada boneco do filme. “A impressora abriu um leque enorme de oportunidades para nós. Sem ela, jamais teríamos conseguido produzir o filme com o nível de realismo que queríamos”, disse Duke Johnson. Veja imagens do processo de desenvolvimento no vídeo a seguir:

Compartilhe:
Tags: 
Comentários